[Fechar]

Joe Euthanázia



Joe Euthanázia, desconhecido para muita gente hoje, era, na verdade, o gaúcho Zezinho Athanásio, que, segundo o cantor, compositor e escritor Rogério Ratner, "protagonizou uma das maiores metamorfoses artísticas de que se tem notícia na história da MPB". Explica-se. Joe, nos anos 70 ganhou a Califórnia da Canção, o mais tradicional festival nativista do RS, na linha folclórica, em parceria com Jerônimo Jardim (autor de Purpurina, vencedora do Festival MPB-81, na interpretação de Lucinha Lins)! Pois ele transmutou-se, nos 80, após radicar-se no Rio, em “Joe Euthanásia” ou simplesmente “Joe”. Trabalhou com Ivan Lins, Lobão, Neuzinha Brizola e até fez composições infantis (inclusive letras para a Xuxa) e foi músico de estúdio. Lançou em 1983 o álbum "La Mujer Ingrata" pela CBS, e en 1985, o álbum “Tudo Pode Mudar”, pela RCA, razão pela qual a gravadora o promovia colocando-o para cantar com o Trem Tic-Tac do Amor. Em 1989, lançou seu álbum “Joe” pela Gravadora Eldorado, pouco antes de falecer, num acidente de carro.

1989 - Joe


Gostou ? Então Compartilha !

Deixa de ser egoísta, é só clicar em um dos botões abaixo e ajudar a fazer uma Web Melhor, clika ai !


0 comentários:

Postar um comentário

Gostou ? Então comenta aê !

Quem Segue Esta Casa Roqueira

Feeds RSSRSS